PUBLICIDADE
Topo

Menino de nove anos constrói detector de terremotos no Peru

Mateo com o protótipo que desenvolveu com a ajuda dos pais e de professores	 - Colegio Humberto Luna de Cusco
Mateo com o protótipo que desenvolveu com a ajuda dos pais e de professores Imagem: Colegio Humberto Luna de Cusco

Grecia Alzamora (pj)

28/09/2017 13h01

Mateo Huaman, que cursa a terceira série, representou seu colégio em concurso promovido pelo governo do país sul-americano. Preocupado com sismos mundo afora, menino disse que gostaria de salvar vidas.
Um peruano de apenas nove anos de idade construiu um detector de terremotos com materiais simples, como madeira, luzes LED, cabos elétricos, um tubo de aço e um alarme. O projeto do menino, Mateo Huaman, foi apresentado no concurso Eureka 2017, promovido pelo Ministério de Educação do Peru e peloo Conselho Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação Tecnológica do Peru.

A motivação de Mateo para desenvolver a invenção foi a preocupação causada pelos últimos terremotos em diversos lugares do mundo. Ele disse que gostaria de salvar vidas e assim beneficiar a população.

Com o apoio de seus professores e dos pais, Mateo elaborou seu detector em um mês. Ele é composto por um pêndulo e um tripé que o sustenta, de maneira que, quando a terra treme, o circuito elétrico é acionado e um alarme soa.

Mateo, que cursa a terceira série, representou seu colégio no Eureka. Após as várias fases do concurso, os ganhadores viajam à capital do Peru para competir na etapa nacional. Os melhores projetos serão levados a competições internacionais.

Cerca de cem estudantes dos ensinos primário e secundário no Peru participam do Eureka. O vencedor ou vencedora do concurso irá à feira mundial Intel ISEF, realizada nos Estados Unidos. A feira costuma receber cerca de 1.800 estudantes de 80 países.