Soldados em serviço no Fórum de Davos são afastados por consumo de drogas

Em Davos

  • Gian Ehrenzeller/Keystone/AP

    Membros do Exército da Suíça posam para foto em Davos

    Membros do Exército da Suíça posam para foto em Davos

Pelo menos 12 soldados suíços dos 4.500 que estão em serviço no Fórum Econômico de Davos foram afastados por consumo de drogas, todos por maconha e cinco também por cocaína, informou a imprensa local.

A polícia começou a investigar os suspeitos na última terça-feira, dia de abertura do evento, do qual participam chefes de Estado e Governo, ministros, empresários e personalidades em geral de todo o mundo.

A investigação teve como foco uma unidade específica, disse o porta-voz do exército da Suíça, Stefan Hofer, à rede estatal de radio e TV "SRF".

Os cinco soldados que usaram cocaína foram enviados de volta para casa, e os que somente fumaram maconha vão cumprir medidas disciplinares em Davos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos