PUBLICIDADE
Topo

Soldados em serviço no Fórum de Davos são afastados por consumo de drogas

Membros do Exército da Suíça posam para foto em Davos - Gian Ehrenzeller/Keystone/AP
Membros do Exército da Suíça posam para foto em Davos Imagem: Gian Ehrenzeller/Keystone/AP

Em Davos

23/01/2016 08h37

Pelo menos 12 soldados suíços dos 4.500 que estão em serviço no Fórum Econômico de Davos foram afastados por consumo de drogas, todos por maconha e cinco também por cocaína, informou a imprensa local.

A polícia começou a investigar os suspeitos na última terça-feira, dia de abertura do evento, do qual participam chefes de Estado e Governo, ministros, empresários e personalidades em geral de todo o mundo.

A investigação teve como foco uma unidade específica, disse o porta-voz do exército da Suíça, Stefan Hofer, à rede estatal de radio e TV "SRF".

Os cinco soldados que usaram cocaína foram enviados de volta para casa, e os que somente fumaram maconha vão cumprir medidas disciplinares em Davos.