Talibãs derrubam torre de alta tensão e deixam Cabul sem energia por 6 dias

Cabul, 31 jan (EFE).- A violência do conflito no Afeganistão tem impedido que as autoridades restaurarem o fornecimento de energia de Cabul, capital do país, que está sem luz desde a última terça-feira, quando um ataque dos talibãs destruiu uma torre de alta tensão.

"Nosso pessoal técnico, que está esperando há seis dias na área, não pôde reparar a torre destruída por razões de segurança", explicou neste domingo à Agência Efe um porta-voz do Departamento de Gestão de Eletricidade, Wahidula Tawhidi.

A torre, situada no distrito de Dand-e-Ghori, na província de Baghlan, está sendo disputada pelos talibãs e as tropas afegãs. Para piorar, a região é infestada de minas terrestres, explicou Tawhidi.

O porta-voz confirmou que 70% da capital afegã permanece sem luz desde o ataque. O fornecimento de energia está sendo limitado a hospitais e escritórios importantes.

Um grupo tribal de idosos tentou convencer, sem sucesso, que os insurgentes permitissem os trabalhos de reparação. Por outro lado, as forças afegãs tiveram que suspender as operações na região devido às condições climáticas adversas.

"Até que o tempo volte ao normal e a operação seja retomada, os técnicos não poderão começar a consertar a torre", disse uma fonte de segurança que pediu anonimato.

Os talibãs atacaram a torre elétrica na terça-feira, horas depois de as tropas governamentais terem lançado uma ofensiva em Dand-e-Ghori. O distrito fica próximo a áreas inseguras na província de Kunduz, onde os insurgentes têm uma forte presença há anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos