Colégios em cidade do sul da Índia são fechados devido a medo de leopardos

Em Nova Délhi

  • AFP

Cerca de 130 colégios permanecem fechados nesta quinta-feira (11) na cidade de Bangalore, no sul da Índia, por causa da possível aparição de leopardos vagando pelos centros educacionais e depois que um destes felinos entrou no domingo em uma escola e feriu três pessoas.

A subdiretora de Instrução Pública no sul da cidade, a área afetada, K. Padmavathi, disse à Agência Efe que 129 escolas estão fechadas como medida preventiva, perante a possível presença de leopardos, embora tenha lembrado que amanhã as unidades voltarão a abrir.

A Polícia e o Departamento Florestal patrulham a região desde terça-feira e pediram para a população que tomem todas as precauções, explicou à Efe um subchefe da Polícia local, D. Boralingaiah.

No entanto, a fonte afirmou que os supostos avistamentos de novos felinos por parte de moradores são "rumores" divulgados pelo povo, que ainda não puderam ser corroborados pelas autoridades.

No domingo passado, um leopardo feriu três pessoas, entre elas um funcionário do Departamento Florestal, após entrar em uma escola de Bangalore, na qual permaneceu por cerca de 14 horas até que as autoridades conseguiram sedá-lo e prendê-lo.

Nos últimos anos, aconteceram no país vários ataques de leopardos e tigres a pessoas devido à progressiva destruição dos habitats destes animais e à urbanização de espaços antes naturais.

Apesar de não existir um censo atualizado de leopardos na Índia, se estima que haja cerca de 50 mil exemplares, segundo dados da Fundação para a Vida Selvagem na Índia.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos