Queda de central elétrica deixa um morto e 3 desaparecidos na Inglaterra

Londres, 23 fev (EFE).- A queda de uma central elétrica em desuso na Inglaterra deixou um morto e três desaparecidos, informou o serviço de bombeiros da região de Thames Valley.

Cinco pessoas feridas no incidente foram resgatadas dos escombros e logo em seguida transferidas a hospitais próximos, segundo os bombeiros.

Ainda não foram descobertas as causas da queda da usina Didcot A, fechada em março de 2013 e que gerava eletricidade com carvão e petróleo como combustível. Essa central elétrica é localizada perto de Didcot B, uma estação ativa que gera energia a partir de gás natural.

Ambulâncias e helicópteros de emergência foram até a região, que ficou coberta por uma grande quantidade de escombros.

Um porta-voz do sindicato GMB informou à agência local "PA" que "os trabalhadores estavam preparando duas caldeiras para a demolição que seria feita nas próximas semanas" e descartou que tenha ocorrido uma explosão antes da queda.

Adrian Redhead, morador de Didcot, relatou à "BBC" que escutou um "grande barulho" de dentro de casa.

"Escutei algo parecido com um trem que sai dos trilhos. Depois, sirenes por todas as partes. Olhei para fora e vi que estava tudo cheio de pó", afirmou a testemunha.

A central elétrica, que começou a operar em 1970, estava em processo de desmantelamento e três de suas torres já tinham sido demolidas com explosivos em julho de 2014.

A companhia N Power, proprietária da Didcot A, afirmou em comunicado que investiga o incidente para "estabelecer os fatos" que levaram à queda.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos