Atentados serão respondidos com "firmeza, calma e dignidade", diz rei belga

Bruxelas, 22 mar (EFE).- O rei Filipe da Bélgica afirmou nesta terça-feira que os atentados de Bruxelas, que deixaram 34 mortos e mais de 200 feridos, serão respondidos com "firmeza, calma e dignidade".

"Perante a ameaça seguiremos respondendo juntos com firmeza, calma e dignidade", disse o rei em uma breve mensagem gravada dirigida à nação e transmitida por todas as redes de rádio e televisão do país.

"Mantenhamos a confiança em nós mesmos, esta confiança é nossa força", acrescentou.

Em um discurso anterior à imprensa, o primeiro-ministro belga, o liberal Charles Michel, lembrou das "vidas partidas" deixadas pelos "atentados mais mortíferos" que seu país já sofreu.

Michel também se dirigiu aos responsáveis destes ataques, a quem qualificou de "inimigos bárbaros da liberdade e da democracia", para assegurar que os belgas vão "continuar unidos" e "plenamente mobilizados com a determinação completa para proteger suas liberdades e seu estilo de vida".

Além disso, comentou que a liberdade na Bélgica "foi golpeada" como no passado já tinha ocorrido em outros países europeus como França e Espanha, e considerou "importante" voltar "progressivamente a uma vida normal".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos