Morrem 17 pessoas em enfrentamentos tribais no norte da Costa do Marfim

Abidjan, 26 mar (EFE).- Pelo menos 17 pessoas morreram e outras 39 ficaram feridas em enfrentamentos entre criadores de gado e agricultores de tribos rivais no norte da Costa do Marfim, informou neste sábado a imprensa local.

Os enfrentamentos aconteceram em Bouna, no nordeste do país, entre criadores de gado nômades da etnia peul e agricultores autóctones da tribo lobi, segundo informou o vice-ministro do Interior, Vicent Tohbi, na emissora de televisão pública marfinense "RTI1".

"Na noite de 23 para 24 de março, a violência escalou até provocar a morte de 17 pessoas", declarou Tohbi, que esclareceu que este número é provisório.

Os enfrentamentos teriam começado após uma troca de acusações entre os peul e os lobi, que teriam levado a enfrentamentos com armas brancas e fuzis, declararam testemunhas ao site de notícias "Abidjan".

Os peul, um grupo étnico dedicado fundamentalmente ao pastoreio, frequentemente protagonizam enfrentamentos com outras comunidades agricultoras em vários países da região devido à disputa por recursos naturais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos