Leão que fugiu de Parque em Nairóbi é encontrado morto; outro segue sumido

Nairóbi, 31 mar (EFE).- Um dos leões que as autoridades buscavam desde a manhã desta quinta-feira em Nairóbi após escapar do Parque Nacional foi achado morto pelo Serviço de Conservação da Fauna queniana (KWS).

Depois do alerta de que dois leões vagavam nos arredores da capital, os agentes iniciaram uma operação para localizar os felinos.

Uma equipe do KWS encontrou o corpo de Lemek, de dois anos de idade, sob um grande matagal ao lado de um rio seco de Kitengela, uma cidade próxima a Nairóbi, enquanto o paradeiro do outro leão é desconhecido.

Desde fevereiro, pelo menos dez leões escaparam da reserva e vagaram pelos arredores de Nairóbi, algo que causou grande furor entre a população.

Ontem mesmo "Mohwak", o leão "estrela" do parque foi morto por agentes do KWS após ferir um cidadão fora dos limites da reserva, o que causou uma grande polêmica.

A Sociedade de Fauna Selvagem do Leste da África (EAWLS) criticou o "massacre insensível" do felino e apontou que os leões escapam da reserva devido à expansão de áreas residenciais nos limites do parque e de grandes infraestruturas como a via que unirá Nairóbi ao porto de Mombaça.

Na próxima terça-feira, o KWS se reunirá com as comunidades que vivem perto do parque para abordar esta situação e tentar diminuir os conflitos que possam surgir entre a fauna selvagem e a população.

Os vizinhos do Parque Nacional de Nairóbi vivem sob o temor de que os leões ultrapassem as cercas da reserva e ataquem as pessoas e o gado, embora com frequência estes episódios terminem com a morte dos felinos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos