Tempestades matam 51 pessoas na China

Pequim, 23 jun (EFE).- Pelo menos 51 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas por causa de uma série de tempestades que afetaram a província de Jiangsu, no leste da China, informaram as autoridades locais.

Chuvas muito intensas, ventos fortes, tempestades de granizo e até um tornado afetaram várias regiões da cidade de Yangcheng e provocaram o desmoronamento de muitas casas, segundo a agência oficial "Xinhua".

O temporal, com ventos de até 125 km/h, afetou várias localidades dos condados de Funing e Sheyang, nos arredores de Yangcheng.

Às 20h30 (horário local, 9h30 em Brasília) tinham sido contabilizados 51 mortos e dezenas de feridos, enquanto continuam os trabalhos de resgate.

O temporal chegou depois que o Serviço Meteorológico da China emitiu hoje um alerta para uma ampla região do sudoeste e do noroeste do país (mas não para Jiangsu) devido a possíveis desastres devido a situações meteorológicas extremas.

Na última semana, quase cem pessoas morreram em diferentes regiões da China por causa das fortes tempestades de verão (hemisfério norte), que causaram inundações, deslizamentos de terra e desmoronamentos de casas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos