Polícia de Dallas diz que não encontrou nenhum suspeito em sua garagem

Dallas (EUA), 9 jul (EFE).- O Departamento de Polícia de Dallas, nos Estados Unidos, anunciou que "nenhum suspeito" foi encontrado na garagem do estacionamento de sua sede, pouco após informar que procurava uma "pessoa suspeita" que teria entrado no local.

"Os agentes fizeram uma busca na garagem. Nenhum suspeito achado", afirmou a Polícia em sua conta oficial da rede social Twitter, ao detalhar que será realizada uma nova revista como "medida de precaução".

Antes, o Departamento de Polícia tinha indicado que os agentes estavam revistando a garagem do estacionamento por causa de uma pessoa suspeita e fazendo uma busca sistemática.

Além disso, a Polícia negou informações divulgadas por alguns meios de comunicação locais sobre "disparos realizados contra a sede da Polícia".

"Não foram dados tiros. A SWAT (forças especiais) explodiram uma bomba para entrar em uma área fechada", esclareceram as forças da ordem da cidade texana.

A segurança do Departamento de Polícia foi reforçada hoje com tropas especiais por causa de uma ameaça, depois que cinco agentes morreram na quinta-feira passada baleados durante uma manifestação no centro de Dallas.

Soldados das forças especiais de Polícia SWAT se posicionaram no prédio, aonde chegaram em vários furgões blindados, segundo as imagens emitidas pelas televisões locais da cidade.

As portas da delegacia foram fechadas e agentes tomaram posições no interior, informou o jornal local "Dallas Morning News".

Segundo a televisão local "WFAA" (filiada da emissora "ABC"), a delegacia decretou o fechamento devido a uma ameaça "levada a sério".

De acordo com a "WFAA", um grupo armado da cidade texana de Houston supostamente ameaçou viajar para Dallas para provocar danos, apesar de o fato não ter sido, por enquanto, confirmado oficialmente.

As medidas foram tomadas por volta das 16h (horário local, 18h em Brasília), segundo a "WFAA", que citou fontes policiais.

Vários cidadãos - segundo a Agência Efe pôde constatar - tinham ida para a frente da porta principal da delegacia, onde se improvisou um monumento em homenagem aos agentes mortos durante o ataque da quinta-feira, a fim de prestar homenagem aos falecidos.

Apesar do posicionamento das forças especiais, a Polícia não ordenou aos cidadãos deixar o local, onde continuaram oferecendo seus respeitos e onde vários veículos de imprensa instalaram barracas para retransmissões ao vivo.

O estacionamento onde foi feita a busca fica na parte de trás do prédio, uma área que os agentes esvaziaram.

A delegacia intensificou a segurança dois dias depois do tiroteio que na quinta-feira matou cinco agentes no histórico centro da cidade texana, onde continua a investigação do massacre.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos