Ataque do grupo Al Shabab na Somália mata 11 soldados

Mogadíscio, 11 jul (EFE).- Pelo menos 11 soldados somalis morreram nesta segunda-feira em um ataque perpetrado pelo grupo terrorista Al Shabab a uma base militar próxima a Mogadíscio, capital da Somália, informaram à Agência Efe fontes governamentais.

O ataque aconteceu nesta madrugada, quando um grupo de jihadistas entrou na base militar situada na região da Baixa Shabelle e enfrentou os soldados.

Durante o enfrentamento, 11 soldados morreram e 9 milicianos da Al Shabab, grupo que conseguiu se apoderar de três veículos militares, explicou à Agência Efe o governador regional, Ibrahim Adan Najah.

Após este último ataque, advertiu, o governo intensificará as ofensivas contra os jihadistas, que nos últimos meses lançaram vários ataques similares contra bases militares em território somali e mataram centenas de soldados do Quênia, Burundi, Uganda e Etiópia.

Há um mês, a Al Shabab matou 45 soldados etíopes em um ataque a uma base da Missão da União Africana na Somália (AMISOM) na cidade de Halgan, no centro do país.

Em janeiro deste ano, pelo menos 180 soldados quenianos morreram em outro ataque a uma base militar na cidade de Adde.

A milícia islamita Al Shabab anunciou em 2012 sua adesão formal à Al Qaeda e sua luta por instaurar um Estado islâmico de corte wahhabista na Somália, onde controla grandes extensões de território no sul e no centro do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos