Confronto na fronteira deixa 7 soldados sauditas e dezenas de houthis mortos

Riad, 31 jul (EFE).- Pelo menos sete militares saudistas e dezenas de rebeldes houthis morreram em confrontos registrados na fronteira entre a Arábia Saudita e o Iêmen, informou a coalizão árabe liderada por Riad em comunicado divulgado pela agência "SPA".

Segundo a nota, os confrontos ocorreram na região de Al Rabua, na província de Nashran, no sul da Arábia Saudita, após várias tentativas dos houthis de tentar invadir o território do país.

A coalizão classificou essas tentativas de "flagrante agressão" ao cessar-fogo estipulado por ambas as partes em conflito, cujas negociações de paz no Kuwait terão uma nova rodada em agosto.

Aviões da Força Aérea da Arábia Saudita e soldados perseguem os rebeldes houthis para expulsá-los da região da fronteira.

Ontem, aviões da coalizão árabe lançaram ataques aéreos contra combatentes houthis na região de Al Zaher, também na divisa entre os dois países. Vários rebeldes morreram nos bombardeios, disseram moradores da região à Agência Efe.

A coalizão árabe começou em março de 2015 uma ofensiva militar contra os houthis, em apoio ao então presidente deposto do Iêmen, Abbo Rabbo Mansour Hadi. As partes continuam em confronto apesar das conversas de paz que teve início em abril e da trégua.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos