Panamá abrigará próxima Jornada Mundial da Juventude em 2019

O papa Francisco anunciou neste domingo que será o Panamá o país a abrigar a próxima Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em 2019, após encerrar hoje com uma missa o encontro de Cracóvia (Polônia), do qual participaram quase dois milhões de jovens.

O país da América Central organizará a 32ª edição deste evento religioso de uma semana de duração, que foi instituído por João Paulo II e que conta sempre com a presença do papa.

"A providência de Deus sempre nos precede. Pensai que já decidiu qual será a próxima etapa desta grande peregrinação iniciada por São João Paulo II em 1985. E por isso anuncio com alegria que a próxima Jornada Mundial da Juventude será em 2019 no Panamá", revelou.

Após o anúncio realizado no Campus da Misericórdia, em Cracóvia, onde Francisco celebrou a missa de encerramento da Jornada Mundial da Juventude na Polônia, foram convidados ao altar os bispos do Panamá para a bênção papal.

O presidente do Panamá, Juan Carlos Varela, assim como uma delegação panamenha liderada pelo arcebispo José Domingo Ulloa e o cardeal José Luis Lacunza, estiveram presentes na missa.

Varela já tinha afirmado que o país "está de portas abertas para receber os milhares de jovens que viriam ao evento caso assim decidisse o Vaticano".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos