Cerca de 70 mil civis estão presos pelo EI em cidade iraquiana de Al Qayara

Cerca de 70 mil civis estão presos na cidade de Al Qayara, no norte do Iraque, pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI), informou neste sábado à Agência Efe o prefeito da comarca, Saleh al Jubouri.

Os jihadistas estão "impedindo os civis de deixarem a cidade para usá-los como escudos humanos" durante a iminente ofensiva das tropas iraquianas para libertar Al Qayara, explicou Al Jubouri.

O Exército iraquiano, apoiado por cerca de 700 milicianos tribais, mantém bloqueados os acessos da população e prepara-se para o ataque a esse importante reduto do EI, situado cerca de 55 quilômetros ao sul da cidade de Mossul e na província de Ninawa.

As forças governamentais conseguiram libertar várias localidades na periferia de Al Qayara nos últimos dias, por isso que só resta invadir a cidade, acrescentou o responsável.

A fim de atrasar a ofensiva, o EI queimou poços de petróleo para dificultar com a fumaça as operações da aviação militar iraquiana.

Esses gases tóxicos deixaram 30 mortos entre a população civil por asfixia, segundo a apuração de Al Jubouri.Al Qayara é a cidade mais importante da comarca homônima, na qual se centraram as operações das tropas iraquianas no marco da ofensiva para libertar a província de Ninawa e sua capital Mossul.

Mossul está em mãos do EI desde junho de 2014, quando a organização terrorista declarou um califado nos territórios iraquianos e sírios que conquistou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos