Governo sírio acerta com rebeldes entrega de armas em Daraya

Cairo, 25 ago (EFE).- O governo da Síria acertou nesta quinta-feira com as facções rebeldes da cidade de Daraya, nos arredores de Damasco, que entreguem as armas em troca de que os combatentes possam "regularizar" sua situação, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

O acordo inclui a entrega de armas pesadas e médias dos rebeldes que se encontram nessa cidade, sitiada pelo governo desde o ano de 2012.

Além disso, milhares de civis ficarão na cidade com o compromisso do governo de que não fará represálias contra eles.

O acordo facilita para os combatentes sair da cidade junto com suas famílias para um local ainda não foi determinado.

Por outro lado, a agência oficial de notícias, "Sana", informou que este pacto permitirá a saída de 4.000 homens e mulheres rumo a centros de refúgio.

Segundo o Observatório, Daraya foi bombardeada desde junho deste ano pelas forças sírias para afastar os rebeldes do aeroporto militar de Al Maza.

A ONU afirmou que em Daraya há cerca de 4.000 pessoas sitiadas, mas o Conselho Local da cidade assegura que o número chega a 8.300.

De acordo com dados das Nações Unidas, quase 600 mil pessoas vivem em populações sitiadas da Síria, a maior parte em regiões bloqueadas pelo governo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos