Atentado suicida mata 50 pessoas em centro de recrutamento no Iêmen

Sana, 29 ago (EFE).- Pelo menos 50 pessoas morreram nesta segunda-feira e mais de 60 ficaram feridas após a explosão de um carro-bomba em um centro de recrutamento do Exército na cidade de Áden, no sul do Iêmen, informaram à Agência Efe fontes médicas.

Os feridos foram levados para vários hospitais da cidade, entre eles o da organização Médicos sem Fronteiras (MSF), segundo as fontes, que não descartaram um aumento do número final de vítimas.

O terrorista suicida entrou ao volante do veículo em uma escola usada para o recrutamento de soldados e localizada no bairro de Al Mansura.

Fontes de segurança detalharam à Efe que o suicida detonou os explosivos no meio da multidão que se encontrava no pátio da escola.

As vítimas esperavam sua vez em fila desde o começo da manhã para se inscrever no Exército leal ao presidente Abdo Rabbo Mansour Hadi, no exílio na Arábia Saudita.

Estes soldados iam ser transferidos para seu treinamemto a quartéis das Forças Armadas iemenitas na região saudita de Nashran, fronteiriça com o Iêmen.

A grande explosão destruiu a fachada da escola e dois veículos militares estacionados no pátio, segundo testemunhas consultados pela Efe.

Até o momento nenhum grupo terrorista assumiu a autoria do ataque, embora em outras ocasiões o Estado Islâmico e Al Qaeda tenham reivindicado atentados similares em Áden.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos