Sobe para 22 o número de mortos em atentado com carro-bomba na Somália

Mogadíscio, 30 ago (EFE).- O número de mortos em um atentado com carro-bomba perpetrado nesta terça-feira contra um hotel situado perto do Palácio Presidencial de Mogadíscio já chegou a 22, informaram à Agência Efe fontes hospitalares.

No atentado, que foi reivindicado pelo grupo jihadista somali Al Shabab, também ficaram feridas 55 pessoas, confirmaram fontes do Hospital Madina da capital da Somália.

Após a explosão do veículo nas imediações do conhecido Hotel SYL, um número indeterminado de milicianos conseguiu entrar no edifício, cuja fachada ficou destruída.

Entre as vítimas estão deputados e jornalistas, já que o hotel está situado na mesma rua que a sede governamental e é um lugar frequente de reunião e residência para muitos dirigentes políticos somalis.

É a terceira vez em menos de um ano que o hotel SYL é alvo de um atentado com carro-bomba.

Em fevereiro deste ano, pelo menos 12 pessoas morreram depois que um terrorista detonou um carro-bomba em jardins situados junto ao hotel, enquanto há alguns meses outras quatro pessoas faleceram em um atentado similar.

Nos últimos meses, Al Shabab atentou contra vários hotéis e restaurantes da capital, o que aumentou a instabilidade de um país que dentro de poucas semanas realizará eleições legislativas e presidenciais.

A milícia islamita Al Shabab anunciou em 2012 sua adesão formal à Al Qaeda e luta por instaurar um Estado islâmico de corte wahhabista na Somália, onde controla grandes extensões de território no sul e no centro do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos