Morre a lenda do golfe Arnold Palmer aos 87 anos

Washington, 26 set (EFE).- A lenda americana do golfe Arnold Palmer morreu neste domingo aos 87 anos em Pittsburgh (Pensilvânia) por causas que ainda desconhecidas, informou a revista especializada "Golf Digest" e confirmou a Associação do Golfe dos Estados Unidos (USGA, na sigla em inglês).

"Arnold Palmer morreu aos 87 anos. Descanse em paz, Arnie. Você é para sempre uma lenda no golfe e na vida", anunciou a publicação em sua conta no Twitter.

"Estamos profundamente tristes com a morte de Arnold Palmer, o maior embaixador do golfe, aos 87 anos", escreveu pouco depois a USGA na mesma rede social.

Palmer foi hospitalizado para preparação de uma cirurgia do coração, segundo explicou ao "Washington Post" Doc Griffin, um de seus assistentes mais próximos, que disse desconhecer a causa exata de sua morte.

Segundo o jornal local "Pittsburgh Post-Gazette", Palmer foi internado na quinta-feira no Hospital Presbiteriano do Centro Médico da Universidade de Pittsburgh para se submeter a exames do coração e morreu hoje no mesmo centro.

O carismático golfista, que emergiu como estrela do esporte nos anos 50, era considerado um dos melhores na história do golfe e se lhe atribui sua popularização através da televisão.

Em 1954, quando tinha 25 anos de idade, foi campeão amador dos Estados Unidos e em 1955 passou ao profissionalismo. Em 1958 ganhou o torneio Masters, que repetiu em 1960, 1962 e 1964.

Palmer (Latrobe, Pensilvânia, 1929), que conseguiu tudo como profissional, foi eleito "Atleta da Década" nos anos 60.

Também recebeu a Medalja Presidencial da Liberdade e a Medalha de Ouro do Congresso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos