Acidente de helicóptero em Angola deixa quatro mortos e dois desaparecidos

Nairóbi, 27 set (EFE).- Pelo menos quatro pessoas morreram e outras duas estão desaparecidas depois que um helicóptero da Cabinda Gulf Oil Company, subsidiária do norte-americana Chevron, caiu no enclave angolano de Cabinda, informou nesta terça-feira a "Rádio Nacional de Angola".

O acidente aconteceu ontem quando o helicóptero se dirigia a uma das plataformas petrolíferas que a companhia opera na região, situada entre República do Congo e República Democrática do Congo (RDC).

Cerca de 10 embarcações e três aeronaves participam pelo segundo dia consecutivo dos trabalhos de resgate para encontrar os dois desaparecidos, embora não há esperança de encontrar sobreviventes.

Segundo as primeiras informações, o helicóptero partiu na segunda-feira desde o porto de Malengo, situado em Cabinda, em direção à plataforma petrolífera de Tombua-Landana.

Além do piloto, um dos passageiros do helicóptero era funcionário da Cabinda Gulf Oil Company, enquanto os outros quatro eram terceirizados que trabalhavam para o grupo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos