Sobe para 14 o número de mortos por explosão em área residencial da China

(Atualiza número de vítimas e dá mais dados sobre o fato).

Pequim, 25 out (EFE).- Pelo menos 14 pessoas morreram e 147 ficaram feridas em uma grave explosão ocorrida na tarde de segunda-feira, em uma área residencial do norte da China, segundo últimas informações passadas pelas autoridades chinesas.

A explosão aconteceu em várias casas pré-fabricadas por volta das 14h (hora local) na cidade de Xinmin, da província de Shaanxi, e 58 imóveis próximos ficaram danificados ou reduzidas a escombros, além de 63 automóveis, informou a agência oficial "Xinhua".

No momento, 106 pessoas permanecem hospitalizadas, embora não se sabe em que estado elas estão, e 41 já tiveram alta.

Uma equipe de resgate formado por dezenas de bombeiros e outros profissionais, passou a noite de segunda-feira tentando encontrar sobreviventes sob os escombros, em meio a quedas de energia.

De acordo com investigações preliminares, tudo aponta que o acidente pode ter sido causado por explosivos armazenados nas casas pré-fabricadas, que tinham sido construídas dentro de um complexo residencial.

A polícia mantém sob custódia ao proprietário destas casas, que foram colocadas para serem alugadas em setembro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos