Responsáveis por edifício derrubado em terremoto em Taiwan são condenados

Taipé, 25 nov (EFE).- Seis pessoas ligadas à construção do edifício Jinlong, derrubado em um terremoto na cidade taiuanesa de Tainán e no qual 115 pessoas morreram e 96 ficaram feridas, foram condenadas a penas de cinco anos de prisão nesta sexta-feira.

O Tribunal de Tainán condenou Lin Minghui, chefe da construtora; o arquiteto Zhang Kui Bao e mais quatro pessoas a penas de cinco anos por "homicídio negligente" e a multas de US$ 3 mil.

O edifício foi derrubado no dia 6 de fevereiro de 2016, quando um terremoto de 6,4 graus atingiu a cidade. Investigações preliminares após o tremor mostraram que existiam graves deficiências na construção do prédio e foi iniciado um processo legal contra a construtora, o arquiteto e outros responsáveis.

Embora o terremoto também tenha danificado outros edifícios, a maioria dos mortos foi registrada no Jinlong, de 17 andares.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos