Irã sustenta que situação do presidente sírio "melhora dia a dia"

Teerã, 18 dez (EFE).- A situação do presidente sírio, Bashar al Assad, "melhora dia a dia", apesar das intenções dos Estados Unidos, de Israel e de seus aliados "de derrubá-lo e desintegrar" a Síria, afirmou hoje o ex-ministro iraniano das Relações Exteriores, Ali Akbar Velayati, cujo país é um forte aliado do regime de Damasco.

Atualmente conselheiro em assuntos internacionais do líder supremo do Irã, Ali Khamenei, ele liderou uma delegação que se reuniu hoje em Teerã com altos funcionários da Rússia (o outro aliado do regime sírio) na qual foi destacada a necessidade de combater "grupos terroristas" na Síria e conseguir uma solução política ao conflito nesse país, informou a agência iraniana "Fars".

Neste sentido, Velayati, que se reuniu com o enviado especial russo para a Síria, Alexander Lavrentiev ressaltou que Teerã e Moscou mantêm "relações estratégicas sem precedentes".

Durante o encontro, os dois abordaram a situação na cidade de Aleppo, de onde nos últimos dias foram retirados civis e rebeldes dos últimos redutos opositores dos bairros assediados.

Segundo a imprensa oficial iraniana, os chefes da diplomacia iraniana, russa e turca, envolvidos no processo de evacuação de Aleppo, farão uma reunião sobre a Síria na próxima terça-feira em Moscou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos