Ataque do EI com três carros-bomba deixa pelo menos 30 mortos em Mossul

(atualiza com reivindicação do EI).

Bagdá, 22 dez (EFE).- Pelo menos 30 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas nesta quinta-feira na explosão de três carros-bomba dirigidos por suicidas no bairro de Karkukli, na cidade de Mossul, o principal reduto do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) no Iraque.

Uma fonte de segurança disse à Agência Efe que os suicidas detonaram a carga junto a grupos das forças de segurança e de civis e que o número de vítimas poderia aumentar. Conforme explicou, as forças de segurança impuseram o toque de recolher na área onde as explosões aconteceram e começaram uma busca por outros possíveis carros-bomba.

O Estado Islâmico reivindicou a autoria do ataque em comunicado divulgado na internet, no qual assegura que realizou três ações suicidas contra o "Exército descrente e suas milícias" no leste de Mossul, em referência às forças que lutam do lado do governo de Bagdá. Segundo os terroristas, as explosões causaram a morte de 20 "apóstatas" e ferimentos em outros.

O bairro de Karkukli foi uma das primeiras zonas residenciais do leste de Mossul retomadas quando as forças iraquianas conquistaram a parte oriental da cidade no final em outubro. Desde então, as tropas governamentais recuperaram 40 bairros da parte leste, mas a zona oeste continua nas mãos dos jihadistas.

As Forças de Segurança iraquianas e curdas lançaram em 17 de outubro uma ofensiva para libertar Mossul, a segunda maior cidade do país e que caiu nas mãos do EI em 2014.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos