Queda de projéteis em Aleppo deixa oito mortos e vários feridos

(Atualiza com novo ataque de morteiro e uma explosão)

Aleppo (Síria), 23 dez (EFE).- Pelo menos oito pessoas morreram nesta sexta-feira e várias ficaram feridas pelo impacto e explosão de bombas deixadas pelos rebeldes na cidade síria de Aleppo, retomada pelas forças governamentais.

Em um primeiro ataque, entre sete e nove foguetes caíram na zona de "3.000 Apartamentos" no distrito residencial de Al Hamdaniya, no sudoeste de Aleppo, causando a morte de pelo menos três pessoas e ferindo outras 11, segundo disse à Agência Efe uma testemunha.

Uma vizinha desse bairro, Rasha Nahhad, lamentou em declarações à Agência Efe que, infelizmente, seus problemas ainda não acabaram. "Sabia que a crise não tinha acabado para nós, as pessoas que vivem na parte ocidental da cidade", se queixou.

Horas mais tarde, outros cinco morteiros lançados desde o bairro de Al Zahra caíram na vizinhança de Shahba, no oeste da cidade, provocando um número ainda indeterminado de vítimas e danos materiais.

Uma fonte militar afirmou que outros cinco civis morreram quando inspecionavam suas casas em Ansari, um dos bairros do leste de Aleppo que acaba de ser arrebatado pelas forças governamentais aos rebeldes.

Os explosivos supostamente foram deixados pelos insurgentes que foram evacuados da cidade nos últimos dias, segundo a mesma fonte.

Estes ataques ocorrem menos de 24 horas depois que Aleppo foi declarada "segura" pelo Exército sírio, após o fim da evacuação dos rebeldes dos últimos territórios que tinham em seu poder na metade oriental.

Ontem à noite, após terminar a evacuação, o Comando Supremo das Forças Armadas Sírias proclamou "o retorno da segurança à cidade de Aleppo após libertá-la do terrorismo e dos terroristas", em comunicado publicado em meios de comunicação oficiais.

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) confirmou hoje que o processo de evacuação de civis e combatentes do leste de Aleppo terminou ontem à noite e que da cidade saíram um total de 35 mil pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos