Colômbia e ELN iniciam no Equador conversas para pôr fim ao conflito armado

Quito, 13 jan (EFE).- O governo da Colômbia e o Exército de Libertação Nacional (ELN), a segunda maior guerrilha do país, iniciaram nesta sexta-feira, no Equador, uma rodada de conversas visando garantir o estabelecimento de uma negociação de paz.

Os contatos deviam deveriam ter começado ontem, mas foram adiados por razões "logísticas", segundo o ELN.

"Se reuniram hoje e amanhã terá continuidade", disse laconicamente à Agência Efe, uma fonte do governo colombiano.

A emissora "Rádio Nacional Pátria Livre", rádio oficial do ELN, também confirmou o início do encontro e o classificou como "positivo".

"A reunião de hoje foi breve, mas muito positiva", publicou a emissora em sua conta no Twitter.

Não foi revelado o local onde acontecerão as reuniões, assim como não forneceram maiores detalhes sobre os novos encontros, porém, alguns veículos de imprensa afirmaram que serão realizados nos arredores da cidade de Ibarra, no norte do Equador.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos