EUA deportam primeiros cubanos que chegam de avião após fim de política especial

Em Miami

  • Elaine Thompson/AP

    Obama decretou em janeiro o fim da política de "pés secos, pés molhados"

    Obama decretou em janeiro o fim da política de "pés secos, pés molhados"

Duas cubanas que chegaram nesta sexta-feira (17) ao Aeroporto Internacional de Miami se tornaram as primeiras a serem enviadas de volta a Havana pelos Estados Unidos após o fim da política especial dos "pés secos, pés molhados" em janeiro.

O Escritório de Imigração e Alfândegas (ICE) afirmou que esse foi o primeiro caso de repatriação desde o cancelamento da política especial para os cubanos decretada em 1995 por ordem executiva do agora ex-presidente Barack Obama.

Por outro lado, a Guarda Costeira dos EUA informou que enviou de volta a Havana outros 11 cubanos que tentaram chegar ao país pelo mar. Todos foram resgatados no estreito perto da Flórida.

As interceptações marítimas diminuíram desde o dia 12 de janeiro, quando Obama decretou o fim da política de "pés secos, pés molhados", que garantia visto de permanência automático para os cubanos que conseguissem chegar ao território norte-americano.

Segundo a Guarda Costeira, no atual ano fiscal, que começou em 1º de outubro do ano passado, 1.919 cubanos tentaram chegar ao litoral do país. Entre outubro de 2015 e 30 de setembro de 2016, 7.411 pessoas foram interceptadas na travessia marítima.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos