PUBLICIDADE
Topo

Grupo Jamaat-ul-Ahrar reivindica atentado contra tribunal do Paquistão

21/02/2017 05h33

Islamabad, 21 fev (EFE).- O grupo Jamaat-ul-Ahrar (JuA), cisão da principal formação talibã Tehrik-e-Taliban Pakistan (TTP), reivindicou a autoria de um atentado suicida que nesta terça-feira deixou sete mortos e dez feridos em um tribunal do Paquistão.

"Graças a Deus, e pela graça de Alá, nossos guerrilheiros entraram em um tribunal em Charsadda", disse JuA na rede social Twitter.