Migrante mexicano deportado dos EUA se suicida após atravessar fronteira

Tijuana (México), 21 fev (EFE).- Um homem se suicidou ao se jogar da Ponte México, na fronteira da cidade mexicana de Tijuana com a americana de San Ysidro, na Califórnia, alguns minutos após ter sido repatriado, informaram nesta terça-feira as autoridades locais.

De acordo com o relatório oficial, o homem se chamava Guadalupe Olivas Valencia, tinha 45 anos e era natural do estado Sinaloa, no noroeste do México.

Às 9h (horário local, 14h de Brasília), a polícia municipal recebeu o aviso do incidente e os agentes chegaram ao local e conseguiram transferir o indivíduo inconsciente para o Hospital Geral de Tijuana.

No centro médico foi declarado morto devido à forte contusão que apresentou na cabeça, além de uma parada cardiorrespiratória como consequência do impacto.

Segundo assinalaram as autoridades, Valencia tinha acabado de ser deportada porque no local encontraram a bolsa que o Escritório de Alfândegas e Proteção Fronteiriça (CBP, em inglês) dos Estados Unidos entrega no momento da deportação, com alguns de seus pertences.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, endureceu os controles migratórios após sua chegada ao poder no último dia 20 de janeiro e, além disso, pretende construir um muro ao longo da fronteira com o México.

Antes de sua vitória eleitoral em novembro do ano passado, Trump chegou a dizer que a maioria dos migrantes mexicanos que cruzam rumo aos Estados Unidos são "criminosos" e "estupradores".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos