Aviões israelenses bombardeiam alvos nos arredores de Damasco

Cairo, 22 fev (EFE).- Aviões de guerra supostamente pertencentes a Israel bombardearam vários alvos em uma zona montanhosa nos arredores da capital síria, Damasco, informou nesta quarta-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos, que indicou que não há informações sobre vítimas.

A ONG citou fontes bem informadas da região e detalhou que esta madrugada foram ouvidas várias explosões nos montes de Al Qatifa, ao nordeste de Damasco.

O Observatório acrescentou que, segundo suas fontes, os aviões lançaram seis mísseis contra armazéns de armamento na área onde está a III Divisão do Exército sírio.

Mesmo assim, afirmou que desconhece se os armazéns que foram atacados eram usados pelas forças governamentais ou pelo grupo xiita libanês Hezbollah, que apoia o Exército sírio com seus milicianos.

Os bombardeios causaram destruição na zona, acrescentou o Observatório, indicando que por enquanto não há informação de perdas humanas.

Esta não é a primeira vez que Israel bombardeia alvos em território sírio desde o começo do conflito nesse país há quase seis anos.

Em dezembro, as autoridades sírias denunciaram um ataque de projéteis israelenses nos arredores do aeroporto militar de Al Meze, ao sudoeste de Damasco, e, previamente, em 30 de novembro apontaram que caças-bombardeiros desse país tiveram como alvo Al Sabura, cerca de 21 quilômetros ao oeste da capital, sem que haja registro de vítimas.

O Exército israelense não costuma confirmar e nem desmentir estes ataques, que na maior parte dos casos tiveram como alvo o movimento Hezbollah, embora também respondeu ao lançamento de foguetes por parte de outros grupos armados que operam na Síria perto de suas fronteiras.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos