Rebeldes houthis afirmam ter derrubado avião F16 da coalizão árabe

Sana/Riad, 24 fev (EFE).- Os rebeldes houthis asseguraram nesta sexta-feira que abateram um avião F16 da coalizão militar liderada pela Arábia Saudita na fronteira do Iêmen com esse país, enquanto as autoridades sauditas atribuíram a queda da aeronave a uma falha técnica.

Em comunicado, o movimento rebelde dos houthis assegurou que "um avião pertencente aos agressores foi derrubado na frente de Nashran por disparos da defesa aérea" do grupo.

A nota não ofereceu mais detalhes sobre a sorte do piloto, enquanto o canal de notícias saudita "Al Ijbaria" disse que o mesmo sobreviveu.

Segundo a emissora estatal, um F16 da Jordânia sofreu uma "falha técnica" no céu de Nishran, no sudoeste da Arábia Saudita, na fronteira com o Iêmen.

Esta não é a primeira vez que os rebeldes xiitas garantem ter abatido um avião da aliança de países árabes sunitas que atua contra eles no Iêmen desde março de 2015.

Naquele ano, os houthis anunciaram a derrubada de um F16 do Marrocos na província de Saada, no norte do país, e a morte do piloto.

A província fronteiriça de Nashran costuma ser alvo do lançamento de projéteis por parte dos houthis e dezenas de residentes da região morreram ou ficaram feridos por causa desses ataques.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos