Navio encalha e autoridades pedem declaração de emergência em Galápagos

Quito, 24 fev (EFE).- As autoridades de emergência das ilhas Galápagos solicitaram nesta sexta-feira ao Conselho de governo do arquipélago e ao Ministério de Transporte e Obras Públicas do Equador a declaração de emergência nas ilhas, depois que um navio com alimentos ficou encalhado quando se dirigia para essa província insulana.

O Comitê de Operações de Emergência (COE) das ilhas pediu, além disso, o estabelecimento de uma ponte aérea que permita manter o abastecimento e anunciou que solicitará à empresa proprietária da embarcação que reponha os valores aos comerciantes afetados, entre outras medidas.

A embarcação Isla Bartolomé encalhou na quinta-feira em frente à paróquia de Posorja, pertencente ao município de Guayaquil, quando navegava rumo a Galápagos com 160 contêineres carregados de alimentos e produtos de abastecimento, informaram em comunicado o Governo e o Conselho de governo do Regime Especial das ilhas.

A Marinha equatoriana, por sua vez, informou que serão enviados aviões logísticos para atender ao abastecimento nas ilhas e acrescentou que inspetores da Autoridade Marítima farão uma avaliação para determinar as causas do acidente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos