Inundações no Peru já deixaram 85 mortos e 15 desaparecidos

Lima, 24 mar (EFE).- As inundações que afetam diversas regiões do território peruano já deixaram 85 mortos e 15 desaparecidos, enquanto 111.283 pessoas perderam tudo e 13.072 casas ficaram destruídas, segundo o último balanço divulgado nesta sexta-feira pelo Centro de Operações de Emergência Nacional (COEN).

O número mais alto de mortes (17) aconteceu na região sulina de Arequipa, seguida por La Libertad (13) no litoral norte, Cuzco e Ayacucho com oito mortos, cada uma, informou a Defesa Civil.

A emergência climática afetou 672.892 pessoas e deixou 270 feridos. Foram registrados danos materiais em 35 escolas colapsadas e 11 estabelecimentos de saúde destruídos.

Ao todo, são 2.192 quilômetros de estradas destruídos, 933 quilômetros de caminhos rurais destruídos, 195 pontes derrubadas e 25.298 hectares de cultivos afetados.

As últimas previsões meteorológicas indicam que as chuvas de forte intensidade com cargas elétricas continuarão no litoral norte até a segunda-feira, afetando as regiões da La Libertad, Lambayeque, Piura e Tumbes.

De acordo com o Centro Nacional de Estimativa, Prevenção e Redução do Risco de Desastres (Cenepred), 64 distritos em nível nacional se encontram em risco de possível inundação e deslizamentos por chuvas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos