Agentes prendem 10 suspeitos de fornecerem armas para ataque ao Charlie Hebdo

Paris, 26 abr (EFE).- Cerca de dez pessoas foram presas desde a última segunda-feira na França e Bélgica, como suspeitos de fornecerem armas aos terroristas que em janeiro de 2015 realizaram um atentato contra a revista "Charlie Hebdo" e um supermercado judeu, afirmaram nesta quarta-feira, fontes da investigação à Agência Efe.

As detenções começaram na última segunda e continuaram ontem e nesta manhã, afirmou um porta-voz da Promotoria de Paris.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos