Ataque com projéteis do EI deixa pelo menos 14 mortos em cidade na Síria

Cairo, 29 mai (EFE).- Pelo menos 14 pessoas morreram e outras 36 ficaram feridas nesta segunda-feira pelo impacto de projéteis lançados pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na cidade de Deir ez-Zor, no nordeste da Síria, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A fonte detalhou que os foguetes caíram sobre o bairro de Al Yura, que está controlado pelas forças do governo sírio nessa cidade, antes do entardecer.

Entre as vítimas mortais há crianças e entre os feridos há diversas pessoas em estado grave, destacou o Observatório.

Desta forma, um total de 48 pessoas, entre elas sete crianças e duas mulheres, morreu em ataques do EI contra as áreas controladas pelas autoridades em Deir ez-Zor desde 18 de maio até o dia de hoje, segundo a contagem do Observatório.

A cidade de Deir ez-Zor, capital da província homónima, está dividida em bairros em poder do EI e outros sob controle dos soldados governamentais sírios, que controlam ainda o aeroporto militar da região.

O EI tem uma forte presença no nordeste de Síria, onde tem sua "capital" de facto, a cidade de Al Raqqa, situada na província homônima e vizinha de Deir ez-Zor.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos