Duplo atentado suicida em Camarões mata 9 civis

Iaundé, 2 jun (EFE).- Pelo menos nove civis morreram nesta sexta-feira no norte de Camarões em um duplo atentado suicida em um campo de deslocados que deixou mais de 30 feridos, informaram as autoridades regionais.

O ataque aconteceu na localidade de Kolofata, no departamento de Mayo Sava da província do Extremo Norte de Camarões, na fronteira com Chade e Nigéria.

Segundo as forças de segurança, o duplo atentado aconteceu em um campo de deslocados.

Os terroristas suicidas entraram no campo se passando por muçulmanos que buscavam um lugar para começar o seu jejum do Ramadã, explicou o governador da província do Extremo Norte, Midiyiwa Bakary.

Todos os indícios apontam para a autoria da milícia islamita nigeriana Boko Haram, que opera no nordeste da Nigéria e nos países vizinhos, realizando frequentemente assassinatos em massa de civis com ataques suicidas.

O de hoje é o terceiro ataque destas características que Kolofata sofre desde março.

Os terroristas agiram horas antes da cerimônia de tomada de posse do novo subprefeito do distrito de Kolofata, cuja nomeação é realizada por decreto presidencial.

Fontes militares informaram à Agência EFE que soldados do Exército abateram um terceiro terrorista suicida pouco antes da chegada do prefeito à região, evitando assim um novo atentado em Kolofata.

Faz apenas uma semana, um homem a bordo de uma bicicleta foi detido em um controle de segurança enquanto dirigia-se para a localidade.

Membros do dispositivo de vigilância lhe pediram a distância que levantasse a túnica para averiguar se levava material explosivo.

O ciclista preferiu detonar a carga a ser capturado e a bomba que levava o matou na hora.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos