Topo

Caixa de relíquias com cérebro de Dom Bosco é roubada na Itália

Getty Images
Imagem: Getty Images

Em Roma

03/06/2017 07h37

As autoridades italianas investigam o roubo de um caixa de relíquias que continha o cérebro de São Jõao Bosco, fundador da Congregação dos Salesianos, e que ficava guardado em uma basílica na província de Asti (norte).

O roubo aconteceu na Basílica Salesiana Dom Bosco do município de Castelnuovo, cerca de 34 quilômetros de Turim, informam neste sábado os meios locais.

As autoridades italianas abriram uma investigação para entender como os ladrões roubaram a caixa de relíquias situada atrás do altar maior, na parte inferior da basílica.

Nascido em 16 de agosto de 1815 em Castelnuovo d'Asti, Giovanni Melchiorre Bosco foi um sacerdote italiano que desenvolveu uma ampla tarefa educativa e de promoção profissional com os jovens mais necessitados.

Foi ordenado sacerdote em 5 de junho de 1841, fundou a Congregação dos Salesianos em 1859 e dedicou sua vida a atender os mais jovens e as pessoas pobres e necessitadas para fomentar o desenvolvimento dos povos.

Morreu em Turim em 1888 e foi canonizado pelo papa Pio XI em 1934.

No centenário da sua morte, o também santo João Paulo II o declarou e proclamou "pai e professor da juventude ".
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Notícias