Manifestantes deixam câmara municipal após protesto por incêndio em Londres

Londres, 16 jun (EFE).- As pessoas que se manifestaram nesta sexta-feira em frente à câmara municipal de Kensington e Chelsea, chegando inclusive a invadi-la, em protesto pela sua resposta ao incêndio de quarta-feira em uma torre de apartamentos desse bairro de Londres, já deixaram o local, segundo a imprensa britânica.

Após momentos de tensão e a intervenção da polícia, os manifestantes, muitos deles familiares das vítimas do incêndio, abandonaram as dependências municipais para retornar às imediações da calcinada torre Grenfell, onde acontece outro protesto.

Outros cidadãos marcham lado a lado, em um ambiente de dor e indignação, pelo bairro de Kensington, enquanto outros se reuniram também na avenida governamental de Whitehall, em protesto pela reação do governo da primeira-ministra conservadora, Theresa May.

Os residentes da torre Grenfell, onde na quarta-feira um incêndio deixou pelo menos 30 mortos, foram à câmara municipal de Kensington e Chelsea, encarregada do manutenção do edifício de propriedade municipal, para pedir explicações e assistência para os sobreviventes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos