Homem vestido de mulher é preso por assédio sexual em metrô no México

Cidade do México, 28 jun (EFE).- A polícia da Cidade do México prendeu nesta quarta-feira um homem vestido de mulher acusado de assediar sexualmente passageiras do metrô da capital mexicana, informou a Secretaria de Segurança Pública.

O detido foi denunciado por duas passageiras, de 22 e de 17 anos, como suposto responsável pelo assédio contra a menor idade em um trecho da Linha 9 do metrô da Cidade do México, indicou a Secretaria em comunicado.

De acordo algumas testemunhas, o suspeito, de 42 anos, estava disfarçado com um vestido preto com flores.

Com a denúncia das mulheres, os agentes que fazem a segurança no metrô detiveram o homem e o mandaram para a Promotoria de Crimes Sexuais para iniciar uma investigação, informou a Secretaria de Segurança Pública.

De acordo com a legislação vigente, os casos de assédio sexual nos meios de transporte público são punidos com entre oito meses a três anos de prisão e multas de até 18.117 pesos mexicanos (US$ 1.012).

Quase 90% das mulheres mexicanas se sentem inseguras ao utilizar o transporte público e cerca de 80% ao caminhar nas ruas, de acordo com uma pesquisa nacional sobre segurança pública realizada em 2016. EFE

jth/rpr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos