Madri recebe neste sábado maior manifestação LGTBI do mundo

Madri, 30 jun (EFE).- A maior manifestação do Orgulho LGTBI do mundo, que contará com um efetivo de 3,5 mil agentes, entre policiais e membros dos serviços de emergência, será amanhã um dos pontos altos do WorldPride 2017, evento realizado em Madri entre 23 de junho e 2 de julho com uma ampla programação.

São esperados pelos organizadores 1 milhão de participantes, que percorrerão duas das avenidas mais importantes e conhecidas da na capital da Espanha - Paseo del Prado e Paseo Recoletos - para reivindicar "os direitos LGTBI no mundo todo" e também para exigir que os transexuais deixem de ser considerados pessoas doentes.

A manifestação também terá um grande desfile festivo, do qual participarão 52 carros alegóricos.

O WorldPride conta com "o apoio absoluto" de partidos políticos, sindicatos e organizações sociais e, pela primeira vez, com a presença do Partido Popular, legenda do presidente do Governo, Mariano Rajoy.

A Federação Estatal de Lésbicas, Gays, Transexuais e Bissexuais (FELGTB) e o coletivo Gay de Madri (Cogam) são os organizadores do ato principal do WorldPride 2017.

Também está prevista a presença de personalidades e instituições internacionais de vários países, como Austrália, Canadá, Estados Unidos, Suíça, Grécia, Itália e Alemanha, entre outros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos