Congressista republicano baleado nos EUA volta para UTI

Washington, 6 jul (EFE).- O congressista republicano Steve Scalise, baleado no dia 14 de junho, retornou na quarta-feira para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital MedStar, em Washington (Estados Unidos) por causa de uma infecção, segundo informou nesta quinta o centro médico.

O estado de Scalise é "grave", de acordo com o comunicado do hospital, afirmando que a infecção gerou "novas preocupações" na equipe médica.

O congressista ficou gravemente ferido durante um tiroteio contra membros republicanos do Congresso, que treinavam em um campo de beisebol perto de Washington.

Scalise, o terceiro legislador republicano de mais alta categoria na Câmara dos Representantes, foi baleado no quadril, perdendo muito sangue e ficando à beira da morte.

No dia 23 de junho, ele deixou a UTI, após avaliação dos médicos que viram "progresso" no estado de saúde de Scalise, mas ontem precisou retornar para a unidade por conta da infecção.

Morto durante o tiroteio, o autor dos disparos foi identificado como James Hodgkinson, de 66 anos, que tinha expressado fortes críticas contra os republicanos e o presidente Donald Trump.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos