PUBLICIDADE
Topo

EI reivindica autoria de atentado contra residência de deputado afegão

30/08/2017 07h57

Cairo, 30 ago (EFE).- O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do atentado suicida cometido nesta quarta-feira contra a residência de um deputado na província de Nangarhar, no leste do Afeganistão, em que pelo menos dois guardas de segurança morreram.

O ataque contra a casa do deputado Haji Abdul Zahir Qadir foi cometido por dois suicidas, informou a agência de notícias "Amaq", que é vinculada ao grupo jihadista, e cuja autenticidade não pôde ser constatada.

O deputado afegão é conhecido por liderar um grupo de combatentes na luta contra o EI em algumas partes de Nangarhar.