República Dominicana tem mais de 8,8 mil casas inundadas após furacão Maria

Santo Domingo, 26 set (EFE).- O Centro de Operações de Emergências (COE) da República Dominicana informou nesta terça-feira que 8.856 residências estão inundadas por conta dos efeitos do furacão Maria, que deixaram mais de 26 mil pessoas fora de suas casas e 26 comunidades isoladas.

As intensas chuvas e inundações, que afetaram grande parte do país desde a semana passada, destruíram 188 casas e afetaram outras 861 parcialmente.

Ao todo, 24.384 pessoas se mudaram para casas de parentes e 1.819 estão em albergues oficiais de acordo com o COE, que mantém 20 das 32 províncias do país em alerta.

Além disso, 26 comunidades estão isoladas e 27 aquedutos se encontram fora de serviço, o que deixa 389.352 pessoas sem água, segundo o relatório oficial, que detalhou que as chuvas ocasionaram danos a 14 pontes e cinco estradas.

O furacão causou uma morte no norte, por causa do desabamento do teto de uma casa, e outra no leste, após uma pessoa tentar cruzar um rio transbordado, segundo fontes da Defesa Civil. O COE não inclui essas mortes nas estatísticas por considerar que foram episódios indiretos.

O Escritório Nacional de Meteorologia (Onamet) prevê uma redução "significativa" das chuvas a partir de quarta-feira em todo o país, mas não descartou algumas chuvas isoladas na fronteira com o Haiti. EFE

mf/vnm

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos