Papa Francisco receberá familiares de Santiago Maldonado em dezembro

Buenos Aires, 24 out (EFE).- O papa Francisco confirmou nesta terça-feira em uma carta que receberá no Vaticano os familiares de Santiago Maldonado, o jovem artesão que foi encontrado morto 80 dias após ter sido visto pela última vez em um protesto indígena reprimido pela polícia no sul da Argentina.

O pontífice receberá os familiares após seu retorno da viagem que fará a Bangladesh e Mianmar até o dia 2 de dezembro, segundo publicou a agência estatal argentina de notícias "Télam".

A confirmação de Francisco chegou à família Maldonado após uma carta que lhe tinha sido enviada pela mãe de Santiago, Stella Maris Peloso.

A aparição do cadáver de Santiago Maldonado gerou comoção em todos os argentinos nos dias prévios às eleições legislativas do domingo passado.

O corpo médico forense desenvolve agora uma autópsia cujos primeiros resultados foram a confirmação da identidade de um corpo achado no rio Chubut há uma semana, o de Santiago, e os estudos complementares, ainda desconhecidos, permitirão saber a causa e data de morte do jovem de 28 anos.

Maldonado tinha sido visto pela última vez perto da área do rio Chubut, onde foi achado seu corpo, quando participava de um protesto mapuche que foi dispersado por policiais.

Atualmente o caso, que é investigado como "desaparecimento forçado", está dirigido pelo juiz Gustavo Lleral, que aguarda os resultados dos estudos complementares da autópsia para avançar no processo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos