PUBLICIDADE
Topo

Mladic é condenado à prisão perpétua por genocídio e crimes de guerra

22/11/2017 09h32

Haia, 22 nov (EFE).- O Tribunal Penal Internacional para a Antiga Iugoslávia (TPII) condenou nesta quarta-feira o ex-militar servio-bósnio Ratko Mladic à prisão perpétua por genocídio e crimes durante a Guerra da Bósnia.

O ex-militar Ratko Mladic "compartilhava a intenção" e "o objetivo criminoso" de exterminar os muçulmanos durante a Guerra na Bósnia (1992-1995), diz a sentença.