Bombardeio mata 4 nos arredores de Damasco após anúncio russo de trégua

Beirute, 28 nov (EFE).- Pelo menos quatro civis morreram, entre eles dois menores, e outros 14 ficaram feridos nesta terça-feira em um bombardeio de aviões não identificados na região de Ghouta Oriental, o principal bastião opositor dos arredores de Damasco, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A ONG declarou que as vítimas foram registradas na cidade de Hamuriya, controlada pela facção islamita Legião da Misericórdia e onde continuam os trabalhos de resgate entre os escombros.

Por outro lado, a artilharia governamental lançou dez projéteis contra a cidade de Harasta, também em Ghouta Oriental, sem provocar mortos ou feridos, e em Yisrin, onde houve danos materiais.

Ontem, o Ministério de Defesa da Rússia propôs um cessar-fogo total em Ghouta Oriental de 48 horas a partir de hoje.

"O centro de pacificação insta as partes em conflito a decretar nos dias 28 e 29 de novembro a cessação de hostilidades na área de distensão de Ghouta Oriental", disse o general Sergei Kuralenko em um pronunciamento na base aérea russa de Khmeimin, na província síria de Latakia.

Por outro lado, um comboio de ajuda humanitária entrou hoje na cidade de Al Nashabie, em Ghouta Oriental, com comida, remédios e equipamento médico para 7.200 pessoas, anunciou o Crescente Vermelho da Síria em sua conta do Twitter, onde explicou que a caravana foi organizada em colaboração com a ONU.

Esta medida coincide com o início nesta terça-feira da oitava rodada de negociações de paz sobre a Síria em Genebra, promovidas pela ONU, sem a presença da delegação do governo sírio em protesto pela exigência da oposição que o presidente Bashar al Assad deixe o poder no começo da etapa transitória.

No entanto, o enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, afirmou hoje que a equipe negociadora do Executivo de Damasco deve chegar amanhã à cidade suíça para tomar parte nas conversas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos