Autor de atropelamento em Melbourne responderá por 18 tentativas de homicídio

Sydney (Austrália), 23 dez (EFE).- O homem que realizou um atropelamento em massa na última quinta-feira, em Melbourne, na Austrália, foi acusado neste sábado pela polícia local por 18 tentativas de assassinato.

A acusação contra Saeed Noori, um refugiado afegão de 32 anos, foi apresentada durante seu comparecimento ao tribunal de Melbourne, pouco depois que ter sido interrogado em uma delegacia.

A polícia disse ao tribunal que ainda investiga os motivos que levaram ao acusado a realizar o atropelamento e que não descarta apresentar novas acusações mais adiante.

O primeiro-ministro da Austrália, Malcolm Turnbull, descartou ontem qualificar a investida como um ato terrorista apesar de Noori, quem tem um histórico de problemas mentais e de abuso de drogas, ter afirmado que agiu contra os "maus-tratos a muçulmanos".

O juiz ordenou uma avaliação psiquiátrica do detido, que não solicitou a liberdade condicional e permanecerá sob custódia até pelo menos quarta-feira, quando voltará ao tribunal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos