Estados Unidos condena "covarde" atentado com "ambulância-bomba" em Cabul

  • Rahmat Alizadah/Xinhua

    Local onde milicianos do Talibã explodiram uma ambulância, em Cabul

    Local onde milicianos do Talibã explodiram uma ambulância, em Cabul

Washington, 27 jan (EFE).- Os Estados Unidos condenaram o "covarde" atentado registrado neste sábado (27) em Cabul, capital do Afeganistão, que deixou, ao menos, 95 mortos e 158 feridos.

"Condenamos o covarde ataque de Cabul e aqueles que o realizaram. Nossos pensamentos estão com as vítimas e com suas famílias. E nos posicionamos do lado valente povo do Afeganistão", indicou a porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Heather Nauert.

O incidente ocorreu por volta das 12h50 locais (6h20 em Brasília), quando um grupo de talibãs encheu uma ambulância de explosivos e a detonou em frente à antiga sede do Ministério do Interior do Afeganistão, onde ainda funcionam alguns órgãos do governo, em uma movimentada região do centro da capital.

Por enquanto, as autoridades afegãs informaram sobre a prisão de quatro pessoas que teriam colaborado no atentado.

O ataque ocorre três dias depois de um atentado do grupo terrorista Estado Islâmico contra a sede da organização Save the Children em Jalalabad, no leste do país. Quatro funcionários da instituição, um civil e um membro das forças de segurança morreram.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos