PUBLICIDADE
Topo

Primogênito de Fidel Castro morre aos 69 anos após forte depressão

01/02/2018 23h37

Havana, 1 fev (EFE).- O filho mais velho do ex-presidente de Cuba, Fidel Castro, Fidel Castro Diaz-Balart, de 69 anos, morreu nesta quinta-feira, em Havana, aparentemente por suicídio, segundo informação da televisão estatal da ilha.

Castro Díaz-Balart, o único filho nascido do casamento de Fidel Castro com Mirta Diaz-Balart e conhecido popularmente como "Fidelito", estava em "depressão profunda" há vários meses, segundo a mesma fonte.

Físico nuclear, o filho do ex-líder cubano, falecido em novembro de 2016, era assessor científico do Conselho de Estado de Cuba, máximo órgão de governo da ilha, e vice-presidente da Academia de Ciências do país.