PUBLICIDADE
Topo

Exército libanês afirma que responderá a qualquer agressão israelense

20/02/2018 07h52

Beirute, 20 fev (EFE).- O Exército libanês responderá a qualquer agressão israelense contra a soberania do país, advertiu o general Joseph Aoun em discurso durante uma conferência militar, informaram nesta terça-feira veículos de imprensa locais.

"As forças armadas libanesas utilizarão todos os meios ao alcance para fazer frente a qualquer agressão israelense", disse Aoun na conferência, realizada ontem à noite e sob o patrocínio do Centro de Pesquisa e Estudos Estratégicos do Exército.

Aoun falou da disputa fronteiriça entre ambos países pelas reservas de petróleo e gás situadas na divisa marítima, além dos planos israelenses de construir um muro na fronteira terrestre.

"O inimigo israelense ameaçou recentemente em várias ocasiões o Líbano para impedir que explore seus direitos à riqueza em hidrocarbonetos, especialmente no bloco 9. A isto se soma a construção de um muro que poderia passar pelo território libanês", manifestou o general.

O general israelense Nitzan Alon, chefe de Operações do Exército, advertiu ontem que as possibilidades de guerra no norte do país são altas.

Para Alon, seria provável que o Irã encorajasse os seus aliados, entre eles a milícia libanesa Hezbollah, a lutar contra Israel desde o Líbano, a Síria e, potencialmente, também desde a palestina Faixa de Gaza.