Soldado americana da coalizão internacional morre no Afeganistão

(Atualiza com identidade da vítima).

Washington, 20 fev (EFE).- Uma soldado da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos que combate contra o jihadismo no marco da operação "Inherent Resolve" morreu por causas não relacionadas com uma ação de combate, segundo informaram nesta terça-feira fontes do Departamento de Defesa americano.

A vítima é a sargento Christina Marie Schoenecker, de 26 anos de idade e originária da cidade de Arlington (Kansas), que morreu ontem em Bagdá, afirmou Comando Central dos EUA (CENTCOM), encarregado das operações militares no Oriente Médio.

As autoridades americanas já estão realizando uma investigação para esclarecer os motivos da sua morte.

O exército americano lidera no Afeganistão uma coalizão internacional formada por mais de 60 países que combatem o terrorismo islamita, principal objetivo da operação "Inherent Resolve" ("Apoio Decidido"), que conta com a aprovação de uma resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos